Portfólio

13 registros encontrados

Filtro(s) escolhido(s):
SESC São Paulo

11
Novembro
2013

Geração 00

Cliente: SESC São Paulo
Serviços: Versão

GERAÇÃO 00
A nova fotografia brasileira

Na primeira década do século XXI, o pensamento e a produção da fotografia foram alterados pela disseminação das câmeras digitais, da circulação das imagens via internet e dos softwares de pós-produção. Assim, a fotografia ganhou crescente espaço nas grandes mostras de arte pelo mundo e no mercado de arte. Nossa cultura antropofágica mostrou-se um processo potente para gerar uma fotografia vibrante que passou a ser pesquisada e divulgada por curadores e instituições do mundo inteiro. Este livro de referência apresenta 52 expoentes brasileiros neste cenário.


30
Setembro
2012

Cidadela da Liberdade


Versão para o inglês para a Edições SESC SP.

Versão para o inglês de vários textos celebrando os 30 anos de construção do SESC Pompéia, majestoso projeto arquitetônico de Lina Bo Bardi.

Em 1977, recém chegada ao Brasil, acompanhei desde o início a transformação do SESC Pompéia, realizada com sensibilidade, criatividade, inteligência e atenção histórica por minha irmã Lina. Acompanhei-a na obra e no dia a dia dessa transformação, quando, na Casa de Vidro, Lina verificava as próprias ideias pedindo também minha opinião de “não adida aos trabalhos” em relação às soluções que imaginava.

Muitos anos se passaram e ainda hoje voltam a minha mente imagens, situações e pessoas ligadas àqueles momentos: o Paulista, por exemplo, marceneiro das “mãos de ouro”, que realizava esculturas espontâneas e formidáveis; ou o mestre Molina, “Leonardo da Vinci” tropical das suas mágicas e incríveis geringonças.

Acompanhei o novo SESC Pompéia que, “Araba Fenice”, renascia da velha fábrica de tambores, também diretamente, colaborando e participando em algumas exposições que trouxeram a alegria do antigo e tradicional, transformados em novo e revolucionário, como “Mil brinquedos para a criança brasileira” e “Caipiras, capiaus, pau-a-pique”, entre outras.

Muitos anos se passaram, e ainda hoje o SESC Pompéia continua lá, lotado de gente de todo o tipo: crianças, idosos e jovens que comem na lanchonete, nadam na piscina, fazem esportes, leem, jogam xadrez, participam das várias iniciativas de lazer inteligente, ou assistem às manifestações culturais que nunca faltam na programação.

Um prazer – um prazer duplo – pelo indiscutível sucesso do SESC Pompéia e pela realização do projeto, que acho o mais representativo das ideias de Lina sobre arquitetura: coletiva, social, humana, simples, prática e de bom gosto.

(Graziella Bo Valentinetti, presidente do Instituto Lina Bo e P. M. Bardí)


14
Agosto
2012

Utopia: a história de uma ideia


Produção editorial para a Edições SESC SP.

Aspirações por um mundo melhor – até mesmo perfeito – existiram ao longo de toda a história. Utopias foram imaginadas em detalhes intrincados por filósofos, poetas, reformadores sociais, arquitetos e artistas, entre outros. Este livro é uma história ilustrada de uma ideia perenemente poderosa: a busca pela sociedade ideal.

Gregory Clayes, acadêmico proeminente neste campo, pesquisa a influência da ideia de utopia na história, na literatura, nas artes, na arquitetura e no pensamento político e religioso. A essência de sua exploração dos mundos ideais está nos mitos da criação, nos arquétipos do paraíso e do além, em novos mundos e viagens de descoberta, nas eras revolucionárias e no progresso tecnológico, nas comunidades-modelo e nos kibutz, nas distopias políticas e ecológicas, na viagem espacial e na ficção científica.

Com uma riqueza de fotografias, quadros, gravuras, mapas, documentos, pôsteres e cenas de filmes, assim como notas e uma bibliografia abrangente, este livro é uma exploração atrativa e criteriosa da rica diversidade da imaginação utópica. De épocas clássicas aos dias de hoje, traça a resistente necessidade humana de imaginar e construir mundos ideais.


« Anterior  001|002|003 Próximo   »